Feeds:
Posts
Comentários

Mãos à obra

Como vocês já viram aqui no blog Desinventando Moda, há inúmeras maneiras de customizar e reaproveitar uma peça de roupa. Pensando nisso fiz uma seleção de alguns DIY  (abreviação de do it yourself), que achei interessantes e práticos de serem feitos.

Todas as customizações selecionadas seguem a tendência Primavera-Verão 2013,  que aposta em shorts jeans, renda, maxi colares, sapatos cap toes, e saias mullets. Aproveitem que essas peças estão em alta e arrisque a customizar. Mãos à obra!

A tendência de moda para o verão é a saia mullet, saia mais curta na parte da frente e longa na parte de trás. Para ter a sua sem gastar muito, basta ter uma saia longa em casa que possa ser cortada. Siga o tutorial no site Mundo Lolita e faça sua saia mullet sem sair de casa.

O bom e velho jeans é figurinha fácil no mundo da customização, facilmente encontramos pela internet um DIY sobre ele. Selecionei hoje uma personalização com aplicação de renda, outra tendência para o verão. Aqui no 3 Doots Coconsultoria, você encontra como fazer aplicar renda em jeans e muitas outras dicas de customização.

Dá para customizar acessório também. Que tal criar um colar feito de uma camisa velha? Assim você pode criar seu próprio maxi colar, assista ao vídeo ou siga o passo a passo da foto. Ou ainda um sapato customizado, vale conferir o site Made in Pretoria. Este inclusive, indico como um excelente site para você que gosta de customizar. Um blog brasileiro que não deixa à desejar é o Moda Custom  ou ainda o site Customizando, lá vocês encontram customização desde acessórios para cabelo até objetos decorativos.

Mariana Cabral

Rápido, fácil e prático

Foto: Arquivo pessoal Mariana Cabral

Vendo a praticidade de realizar alguns tipos de customização, eu vou me arriscar a ensinar a customizar uma blusa. Dentre as diversas maneiras de personalizar, o recorte é a opção aparentemente mais fácil e prática de ser feita. E, como a caveira é tendência no mundo da moda, ela será o nosso modelo de recorte.

Para outras opções de customização de camisa acesse o Customizando, lá você encontra 10 tipos de modelos simples de serem feitos em casa, somente com a ajuda da tesoura. Mas, pra quem consegue confeccionar peças mais elaboradas o site também apresenta diversas ideias, com aplicação de tecidos ou uso da técnica tie-dye.

Tenha em mãos algumas ferramentas para executar a arte:

1- Camisa branca;

2- Tesoura para recortar tecido;

3- Caneta permanente;

4- Desenho para marcação (esse desenho você encontra AQUI para download).

Passo a passo: O processo é bem simples, comece colocando sua camisa do lado do avesso, pegue o desenho da caveira e coloque dentro da camisa, entre a parte da frente e o verso, estique em a camisa para que isso não venha atrapalhar posteriormente. Com ajuda de uma caneta permanente, trasse o desenho da caveira em forma de pontilhados por toda a camisa. Agora, recorte com auxílio da tesoura e  voilá.  Vale conferir o vídeo de como customizar sua camisa.

Caso a sua camisa seja larga e cumprida fica a sugestão de combiná-la com uma cutted legging, a melhor parte é que você pode fazer isso em casa. Como? Você vai precisar de uma legging (qualquer marca), um giz ou qualquer coisa que risque na calça e uma régua. O passo a passo você encontra no blog Meu blog Barato, por Paulinha Moran.

Mariana Cabral

Foto: Arquivo pessoal Carla Zurc

O ato de customizar está interligado com o desejo de não ter nada igual a ninguém. Esse é o pensamento de muitas pessoas que gostam de ter a roupa personalizada, e é assim que pensa a estudante do 3º período de Moda, Carla Zurc, da Universidade Veiga de Almeida (Rio de Janeiro). O desejo de estudar Moda veio desde criança, quando viu a enteada do tio confeccionando um vestido. “Um dia cheguei na casa da minha avó e ela estava ajudando a fazer um vestido com de balas de morango. Achei incrível e desde então soube que era isso que eu queria”, afirmou a jovem de 23 anos.

Foto: Arquivo pessoal Carla Zurc

 A futura designer de Moda gosta de customizar porque desta forma ela expõe sua personalidade em suas roupas, objetos, acessórios e o que a criatividade deixar. E ela vai mais longe, pretende criar uma marca somente para customização. Atualmente, ela já faz sucesso entre as amigas e realiza alguns trabalhos personalizados. “Postava minhas fotos no instagram e as meninas ficavam enlouquecidas me mandando mensagens para saber o valor da peça”. A estudante conta ainda que as clientes procuram por shorts detonados com aplicações de spikes.

Carla em ação: Customização de camisetas na feijoada da Nuth/ Foto: Arquivo pessoal Carla Zurc

Carla não segue tendências da Moda e tem como espelho pessoas com um estilo alternativo. Como fonte de inspiração ela tem a Coal n Terry Vintage. “Minha inspiração maior”. A estudante participou este ano da edição do Fashion Rio Verão, no desfile da Blue Man e esteve presente no backstages da Coca-Cola Clothing e Maria Bonita Extra, ambos no Fashion Rio Inverno 2012. Para conhecer mais trabalhos e entrar em contato com a Carla Zurc basta dar uma conferida no blog CarlaZurc.

Mariana Cabral

Vocês conhecem o brim índigo blue?  Pois é, somente na década 1940 ele passou a ser chamado de jeans. Segundo Marco Sabino,  o tipo de tecido foi criado em meados do século XIX, para uniformizar mineradores do Oeste americano. O verdadeiro jeans é de cor azul e isso se deve ao seu tecido denim com ligamento em sarja,  tingido de corante índigo. O jeans tornou-se popular na década de 1950, quando era usado pelos jovens americanos e logo se tornou querido no mundo inteiro.

O jeans é a peça que qualquer pessoa tem no guarda-roupa, é a peça coringa na hora da dúvida e é aquela peça que você não consegue se desfazer, certo? Já que você não consegue se livrar do seu jeans surrado, a dica é inovar, usar a criatividade e colocar mãos à obra para confeccionar uma bolsa.

Fotos: Cacareco

Explore a sua criatividade, aplique retalhos, tachinha, renda, inove no tamanho e modelo. No site Cacareco, você pode conferir o passo a passo para criar sua bolsa. A melhor parte é que nem precisa de  máquina de costura para transformar sua velha calça numa linda bolsa, neste blog Praça dos Artesanatos, o vídeo ensina como cortar e costurar de maneira rápida e prática.

Mariana Cabral

Sabe aquela camisa velha que você não jogaria fora por nada? Talvez ela  ainda tenha uma utilidade, basta usar um pouco de criatividade. Hoje quero apresentar algumas sugestões de como transformar uma camisa velha numa peça  novinha e exclusiva.

A tendência para a moda Primavera-Verão 2013  já chegou  nas lojas e podemos ver o que os fashionistas  chamam de tie dye, isto é, um desbotamento do tecido ou degradê de cores. Essa técnica é fácil e pode ser realizada em camisas ou jeans. Você vai precisar de tinta para tingir tecido ou  alvejante, caso queira apenas realizar um desbotamento da roupa. Veja como fazer a sua camisa no site Look What I Made.

Outra maneira de reinventar sua camisa é aplicando renda, tachinhas ou flores de tecido. Recortes são muito bem vindos, alguns pedem um pouco mais de precisão e técnica para serem feitos. No blog Mulheres Perfeitas, ensinam diversas maneiras de aproveitar sua camisa velha. Durante o inverno, o queridinho entre as mulheres foi o recorte de caveira, facilidade e praticidade tornaram as caveiras populares nas costas da mulherada.

Fotos: Moda Jess

A canadense Mari Santos, ganhou fama na internet ao customizar  camisas masculinas em vestidos. Em seu blog Little Fille, ela ensina como reaproveitar outras peças de roupa, vale a pena conferir.

Mariana Cabral

 

Customizar é o ato de personalizar uma roupa a sua maneira, seja rasgando, cortando, pintando ou realizando algum tipo de aplicação com rendas, paetês ou miçangas. Personalizar tem suas vantagens: é econômico transformar uma roupa usada em uma peça nova, além disso, a ação de customizar ativa sua criatividade. A customização pode ser encarada apenas como hobby ou uma fonte extra de renda e pra quem gosta de exclusividade, customizar é o caminho certo.

Roupas que não são reaproveitadas ou doadas acabam sendo jogadas no lixo. Segundo dados da EPA – Agência de Proteção ao Meio Ambiente Americana, só em 2007, foram jogadas fora quase 7 mil toneladas de roupas e sapatos. Do que é descartado atualmente, aproximadamente 15% é recuperado para reciclagem.

O ato de reaproveitar sua roupa também é sustentável, tanto que grifes européias já aderiram ao conceito de sustentabilidade. A loja sueca Boomerang é uma delas, o cliente pode vender e comprar peças usadas da própria marca. Assim o cliente economiza e a grife cria um novo design para a roupa velha. No Brasil essa moda ainda não pegou.

Mariana Cabral

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.